FORMAÇÃO TAPIRI

ESCOLAS DE FORMAÇÃO 2015

–  Escola de Professores:

Educação InfantilProfessores da creche e pré-escola

Projeto de formação para este segmento: O currículo na Educação infantil: experiências e saberes dos bebês e crianças pequenas. Os encontros presenciais acontecerão no dia e horário estabelecido pelo calendário de formações da DDPM. Serão atendidos os professores que atuam em creche e pré-escola. As formações serão oferecidas de acordo com as especificidades deste segmento de ensino, por meio da articulação de diferentes campos de conhecimentos e saberes, que contemplem vivências e experiências da ação docente com bebês e crianças pequenas.

 

Educação dos Anos Iniciais – Professores do 1º ao 3º ano – Bloco Pedagógico

Projeto de formação para este segmento: Bloco Pedagógico: diálogo com as diversas áreas do conhecimento, e por meio deste projeto o objetivo é propor vivências com as diversas áreas do conhecimento numa perspectiva do letramento, a partir dos fundamentos didático-pedagógicos. Os encontros de formação acontecerão no dia e horário estabelecido pelo calendário de formações da DDPM e de acordo com a HTP (Horário de Trabalho Pedagógico) dos professores de 1º ao 3º ano que não foram contemplados na formação do PNAIC.

 

Educação dos Anos Iniciais – Professores do 4º e 5º ano

Projeto de formação para este segmento: Letramento Literário/Numeramento: Caminhos para a Prova Brasil, e por meio deste projeto o objetivo é proporcionar espaço e tempo de reflexão sobre teoria e prática de Letramento Literário/Numeramento e suas implicações na Prova Brasil. Os encontros de formação acontecerão no dia e horário estabelecido pelo calendário de formações da DDPM e de acordo com a HTP (Horário de Trabalho Pedagógico) dos professores, conforme programação para cada ano do Ensino Fundamental de 1º ao 5º ano.

 

Educação dos Anos Finaisprofessores do 6º ao 9º ano

Projeto de formação para este segmento: Prova Brasil: interfaces curriculares, e por meio deste projeto o objetivo é oportunizar o diálogo entre as diversas áreas do conhecimento e a Prova Brasil. Os encontros de formação acontecerão no dia e horário estabelecido pelo calendário de formações da DDPM e de acordo com a HTP (Horário de Trabalho Pedagógico) dos professores, conforme programação para cada área do conhecimento do Ensino Fundamental de 6º ao 9º ano.

 

Educação do Ensino Noturno

Projeto de formação para este segmento: Projeto Gestão do Ensino Noturno: Desafios e Perspectivas de Aprendizagens na EJA, e por meio deste projeto o objetivo é desenvolver processos de formação continuada que colaborem na gestão da aprendizagem na EJA, a partir dos desafios e perspectivas no ensino noturno. Formação Continuada e estruturada em módulos, com carga horária de acordo com a programação do calendário de formação do turno noturno. Atendendo professores do 1° e 2° Segmentos das escolas da Rede Pública Municipal.

 

Educação Escolar Indígena

A Educação Escolar Indígena desenvolve o Projeto Tecendo Saberes em uma perspectiva intercultural e interdisciplinar para os anos iniciais (multisseriado) do Ensino Fundamental.  Por estarem em consonância com o viver indígena, as formações são conduzidas mediante um processo de diálogo, de interação e de compartilhamento de experiências com os professores e representantes indígenas participantes. São realizadas oficinas de formação, com 06 módulos, carga horária de 32 horas e calendário próprio da instituição executora – UFAM. São formações realizadas na DDPM, em parceria com a instituição executora da formação a UFAM – Universidade Federal do Amazonas, atendendo aos professores que atuam em salas multisseriadas do 1º ao 5º ano, no total de 54 (cursistas e comunitários), com 04 escolas envolvidas: Escola Municipal Três Unidos, Escola Municipal Aleixo Bruno, Escola Municipal Boas Novas, Escola Municipal São Tomé, pertencentes à Divisão Distrital Zona Rural.

 

Educação da Terra

O Programa Nacional de Educação do Campo (PRONACAMPO) é uma ação do Governo Federal resultado da mobilização dos movimentos sociais e sindicais do campo, para construção de referências de política nacional de educação do campo, com apoio do MEC.  O PRONACAMPO oferece apoio técnico e suporte financeiro para estados e municípios implementarem suas respectivas políticas de Educação do Campo, através de um conjunto de ações articuladas, que atendem às escolas do campo e quilombolas em quatro eixos: gestão e práticas pedagógicas, formação de professores, educação de jovens e adultos, educação profissional e tecnológica e infraestrutura.

O programa trabalha a educação contextualizada, ou seja, promovendo a interação entre conhecimento científico e os saberes das comunidades. A formação continuada dos servidores está sendo desenvolvida em parceria com a SEDUC – Secretaria Estadual de Educação e como instituição executora da formação a UFAM – Universidade Federal do Amazonas, atendendo aos professores que atuam em salas multisseriadas do 1º ao 5º ano, no total de 67 professores e 59 escolas envolvidas, pertencentes à Divisão Distrital Zona Rural. Esta formação tem calendário específico, com as formações sendo desenvolvidas no campus da UFAM.

 

–  Escola de Gestão

A Escola de Gestão atende aos gestores e pedagogos em exercício da Rede Municipal de Educação.  A Escola de Gestão surgiu da necessidade de oferecer formação continuada aos gestores e pedagogos que estão em exercício da função nas escolas da SEMED, visando a análise crítica e reflexiva da escola como organização complexa, de planejamento, execução, coordenação, acompanhamento e avaliação de planos e projetos pedagógicos e suas interfaces com as políticas públicas, bem como princípios da gestão democrática e da ética no contexto do exercício da gestão educacional de pessoas e de processos.

 

–  Escola de Administrativos

A Escola para Servidores Administrativos (manipuladores de alimentos, auxiliares de serviços gerais, secretários e auxiliares de secretaria, bibliotecários e auxiliares de biblioteca) tem o objetivo de proporcionar o conhecimento de ferramentas para melhoria do desempenho, com foco em seu comportamento social e postura profissional.

Estes encontros acontecerão nos dias de planejamento escolar e conforme calendário de formação da DDPM em locais designados como Escolas Distritais, em parceria com as DDZ’s. A DDPM vislumbra a necessidade de atender as especificidades da efetiva função do servidor e, portanto, sinalizará no calendário mensal quais dessas demandas citadas serão atendidas sob planejamento prévio.

 

–  Escola de Assessores Pedagógicos

A Escola para Assessores Pedagógicos, público que precisa estar em constante processo de formação, atenderá os pedagogos que atuam nas Divisões Distritais Zonais e desenvolvem a função de Assessores Pedagógicos. A proposta de formação continuada para Assessores Pedagógicos tem o objetivo de subsidiar sua ação através de estudos pertinentes ao processo educacional da rede municipal de ensino, com foco nos resultados, na capacidade de análise e resolução de problemas. Todos os encontros formativos estarão previstos em calendário previamente elaborado pela DDPM, sempre respeitando as datas estabelecidas no calendário escolar da SEMED. O local da formação será definido junto à DDZ ou pode ser em uma das salas da DDPM.